Transferir documentos para o Serviço de Arquivo – MGI

O que é ?

Transferência de documentos produzidos ou recebidos pelas unidades, que possuam fase Intermediária, para o Arquivo Central, quando cumprida a fase corrente.

Quem pode utilizar este serviço ?

ColaboraGov: Agentes Públicos

Canal de Atendimento

Etapas para realização deste serviço

  1. 1

    Iniciar um processo no SEI/MGI do tipo “Gestão da Informação: Transferência de Documentos Físicos ao Arquivo” (unidade solicitante);

  2. 2

    Inserir ofício solicitando assistência técnica juntamente com o preenchimento do tipo de documento “Pré-diagnóstico de situação arquivística”, disponível no SEI da unidade solicitante;

  3. 3

    Tramitar o processo para a unidade MGI-DAL-CGIPA-DIARP.

Tempo de atendimento do serviço

365 dia(s)

Outras Informações

LEGISLAÇÃO RELACIONADA AO SERVIÇO:

  1. 1 . Portaria Interministerial XX-XX nº 1.677/2015

  2. 2 . Portaria XXX/XX nº 47/2020

  3. 3 . Portaria Normativa XXX/XX nº 05/2002

Observações

O prazo de atendimento do serviço pode variar de acordo com a complexidade e atuação do demandante na execução das atividades necessárias.

Saiba mais.
Terminologias:
– Arquivo corrente: Conjunto de documentos, em tramitação ou não, que, pelo seu valor primário, é objeto de consultas frequentes pela entidade que o produziu, a quem compete a sua administração.
-Arquivo intermediário: Conjunto de documentos originários de arquivos correntes com uso pouco frequente, que aguarda destinação.
Em caso de dúvidas sobre o serviço, favor entrar em contato com coged@economia.gov.br.